Obesidade é ou não é falta de vergonha?

Postado por Rennan Silva quarta-feira, 13 de abril de 2011


Antes de mais nada, não estou aqui pra julgar ou criticar, muito menos defender ninguém, a questão que pretendo abordar neste post é muito mais delicada, isto é, é muito mais complexa do que dizer meia duzia de palavras defendendo um lado ou outro. Hoje estava em meio a uma ego-conversa comemorando a perda legítima acarretada pela gastroplastia (que hoje, ainda não oficialmente, se somaram mais 6 KG, agora é ir na nutri confirmar) quando tive de lidar com a seguinte pergunta: "Se você tivesse se cuidado não precisaria ter chegado a esse peso né?" - Na hora, a resposta foi óbvia, sim, claro, eu poderia ter me cuidado e evitado chegar a esse peso, mas não fiz por qual razão? Falta de vergonha na cara ou incapacidade?

Eu admito, eu comia por que queria, era uma escolha, uma escolha complicada, mas uma escolha, mas eu queria comer por algum motivo que ia além da simples opção de comer ou não, o que tornava a prática de comer demais também uma necessidade, eu tive uma compulsão fortíssima esses dois ultimos anos e comi desesperadamente, a ponto de pedir duas pizzas gigantes e comer-las sozinho. Atitudes quase animalescas que me levaram até aquele estado em que foi preciso dizer "OPA, TEM ALGO ERRADO AQUI".

É muito normal eu ouvir falar de "normalidade", mas a normalidade em si, é só um padrão, e até onde eu sei, padrões partem do princípio de ser uma uniformidade, porém o Brasil então, como um país de 217 Milhões de habitantes tem aproximadamente 88 milhões de obesos,  ou seja, 40% da população não é "normal", em relação ao que chamamos de padrão, isso é assustador, quer dizer então que 40% da população não tem vergonha na cara?

A Obesidade tem causas que vão muito além da vontade de comer, obesidade pode ter causa genética, metabólica, desfuncional, psicológica, entre N motivo, daí pensamos, "Então a culpa não é nossa e sim desses N Motivos", mas não é totalmente verdade isso. Você teve a opção de comer ou não aquela barrinha de chocolate antes de dormir, você teve a opção de não assaltar a geladeira a noite apenas por que não tinha mais nada pra fazer.

Mas em oposição a isso, eu digo: É sim, muito fácil dizer que o obeso tem culpa por ser obeso, muitos obesos mesmo, demoram a ver o problema como uma doença. Mas e ai? Tudo bem,  poderiamos ter evitado de ter feito tudo aquilo, mas como culpar a nós por fazermos? Não temos direito de sentir prazer, de se divertir ou curar nossa ansiedade jogando-as em coisas que nos fazem bem? Qual a diferença entre um Obeso e um Drogado? Ambos são compulsivos e lidam com um vício, ambos são doentes e precisam de tratamento.

É ilusão esperar que o Obeso se cure apenas por querer, é preciso ajuda, é preciso comprometimento familiar, e médico, um dos principais defeitos da população é achar que o obeso tem de se adaptar ao mundo em que vive, ao invés do mundo se adaptar ao obeso, mas com o número de obesos cada vez mais crescente, eu me arrisco a dizer que não só deveria como é necessário, precisando disso pra ontem. Quem aqui, como obeso, nunca teve dificuldade pra sentar em um onibus sem atrapalhar a pessoa ao lado? Ou ainda pior, ficar preso na roleta por não ter espaço suficiente pra passar?

Pesquisas mostram que conforme o % de gordura acima do Sobrepeso, o numero de Obesos que emagrecem com dieta e conseguem manter o peso é quase mínimo, isso quer dizer, ninguém, eu digo ninguém mesmo, consegue passar anos se sacrificando em dietas restritoras, a reeducação alimentar funciona sim, mas para quem não tem compulsão ou um tecido adiposo enorme só esperando uma escorregadinha pra começar a reter gordura... Então, principalmente aos magros, a próxima vez que ver um obeso e se questionar por que ele simplesmente não feche a boca, tente lembrar que você não faz ideia do que é passar pelo o que ele está passando, a próxima vez que ver alguém comendo e achar que ele está gordo demais pra comer aquilo, lembre-se que você também come a mesma coisa e ninguém te critica por isso.

É muito facil falar que a culpa é da falta de vergonha da cara e que poderiamos ter evitado chegar a esse peso, mas na real, é quase impossível imaginar que poderiamos perder 30, 40 KG sem recuperarmos tudo em pouco tempo se não fosse pela cirurgia, então a próxima vez que alguém me perguntar se eu poderia ter evitado, ou vou ser bem sincero, se eu tivesse uma força de vontade maior que 5.3 bilhões de pessoas (aproximadamente 95% da população), eu até teria conseguido, mas infelizmente não tive.

3 comentários

  1. Carol Says:
  2. e o q as pessoas tb nao veem eh que as vezes alguem engorda e nao percebe... realmente nao percebe.. como foi meu caso.. eu comecei a engordar , comprar roupas maiores, mas eu nao me via tao gorda como hj me vejo, nao tinha a real noçao do meu tamanho... e tem gente q simplesmente bloqueia isso, bloqueia a propria imagem... o meu ganho d peso foi desencadeado por hormonios, mas foi continuado por mim mesma, por nao perceber mesmo.....

    eh *oda... mas eh assim q acontece pra muita gente!!!!

    bjokas!!!

     
  3. Não acho que seja falta de vergonha na cara... a obesidade é uma doença, ela pode acontecer por uma série de fatores,que não dependem somente da pessoa, é financeiro, é psicológico, é genético... então a obesidade não escolhe. Muitos podem amenizar, poucos podem fugir do problema.

    abraçooo, ótimo fds !

     
  4. Eu acho que a obesidade pode ser doença ou falta de vergonha. Em alguns casos a pessoa come normalmente e engorda e há uma grande dificuldade em perder peso, mas há pessoas que não tem problemas de saúde, mas comem em excesso e alimentos errados, não fazem exercícios e ficam obesas, aí não dá pra falar que é doença, até porque ninguém dorme com 60 kg e acorda com 90.

     

Postar um comentário

Parceiros



Coloque nosso banner em seu site:


Copie e cole o código acima em seu site!

Seguidores

Aquele que vos fala

Minha foto
Operado desde: 19/março/2011
Peso antes: 196.4KG
Ultima pesagem: 30/janeiro/2015
Peso Atual: 105.7 KG
Divulgue nosso blog aos seus amigos:

Curta nossa página no Facebook

Postagens populares